Defesa de Dissertação de Camila Maria de Andrade Tolentino - Economia

Calendário
Defesas
Data
07.05.2018 3:00 pm - 6:00 pm

Descrição

Defesa de Dissertação do Programa de Pós-Graduação em Economia/CEDEPLAR/FACE/UFMG

 Aluna: Camila Maria de Andrade Tolentino

Título:  Technology and structural change: an analysis based on economic complexity

Data da Defesa: 07/05/2018

Horário: 15h00

Orientador: João Prates Romero (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Banca Examinadora:              

Prof. João Prates Romero (Orientador)

Prof. Gustavo de Britto Rocha (Coorientador)

Prof. Rafael Saulo Marques Ribeiro (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Francisco Horácio Pereira de Oliveira (UFOP)

 Local da Defesa: Auditório nº 4  – Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

 RESUMO: Desenvolvimento e crescimento econômico pressupõem transformação estrutural e mudança tecnológica. Esse processo envolve subir a escada tecnológica e mover-se em direção a atividades de maior produtividade, adquirindo conhecimentos e capabilities. Recentemente, novas evidências empíricas mostraram que países tendem a seguir trajetórias de mudança tecnológica coerentes, gradativamente incorporando produtos mais complexos. Estes reuniriam mais conhecimento e estariam associados a uma melhor performance econômica. Diversos estudos têm investigado a importância da sofisticação econômica e de produto para o comércio, o crescimento da produtividade e o crescimento da renda. O presente estudo se dedica a analisar a questão do desenvolvimento econômico à luz das contribuições empíricas fornecidas pela abordagem da complexidade. Contudo, embora tais trabalhos forneçam ricas evidências de que aquilo que um país produz importa para o seu desempenho econômico, eles carecem de uma base teórica bem fundamentada para interpretação de seus resultados. Diante disso, sugere-se analisar tais evidências com base na literatura Schumpeteriana, a qual incorpora as externalidades provenientes dos processes de aprendizagem e o processo de mudança estrutural ao explicar aumentos de produtividade e crescimento econômico. De acordo com esse arcabouço, os mecanismos que promovem a mudança estrutural apontam principalmente para os esforços em gerar conhecimento e para a capacidade de absorver tecnologias produzidas pela fronteira com vistas a reduzir os diferenciais de produtividade. De fato a noção de sofisticação está interligada ao conteúdo tecnológico embarcado nos produtos e regressões em painel mostraram que a intensidade de pesquisa impacta positivamente os níveis de sofisticação econômica. Além disso, esta dissertação também provê evidências de que a estrutura positiva dos países impacta a sua habilidade de reduzir o hiato tecnológico em relação à fronteira. Regressões em painel mostram que países que produzem produtos mais conectados em temos da similaridade do conhecimento necessário para sua produção têm maior potencial de absorver tecnologia da fronteira. Esses resultados apontam para a importância dos esforços destinados a orientar a composição produtiva de um país em direção a bens de maior complexidade e maior conhecimento embarcado, bem como de explorar seu potencial de incorporação de novas tecnologias de modo a promover um caminho virtuoso de desenvolvimento.

 PALAVRAS CHAVE: Complexidade Econômica; intensidade de pesquisa; gap tecnológico; capacidade de absorção. 

 

ABSTRACT: Development and growth presuppose structural transformation and technological change. This process involves climbing the technological ladder and moving towards activities of higher productivity by acquiring more complex sets of knowledge and capabilities. More recently, new empirical evidence have showed that countries tend to follow coherent paths of technological change by moving towards more complex goods. These would be the ones that incorporate higher knowledge and are associated with better economic performance. A number of works have been investigating the importance of product and economic sophistication for trade, productivity growth and income growth. The present work aims to address the issue of economic development and structural change in the light of the empirical contributions provided by the economic complexity approach. Although these works provide prolific empirical evidence that what a country produces matter to its economic performance, they lack a theoretical basis to assess and interpret such results. Hence, some of the insights provided by its empirics are analyzed in the light of the Schumpeterian literature, which incorporates learning externalities and structural change in explaining productivity increases and economic growth. Within this framework, the mechanisms that promote structural change mainly point to the efforts in generating higher knowledge and the ability to absorb technology produced by frontier countries as means to close the productivity gap. Indeed sophistication has something to do with technology and panel regressions have showed that research intensity positively impact economic sophistication. Moreover, this dissertation also provides evidence that a country’s productive structure impacts its ability to close the technology gap relative to frontier countries. Panel regressions showed that countries producing more closely connected products in terms of the resources and knowledge required for production enjoy higher potential to absorb technology from the technological frontier. These results point to the importance of efforts in orienting the composition of production towards higher complexity and higher knowledge products, as well as exploring its potential in incorporating higher technology, allowing for a virtuous path of development. 

KEY WORDS: Economic Complexity; research intensity; technology gap; absorptive capacity.