Projeto de Pesquisa: Demografia Econômica das Transferências Intergeracionais

Pesquisadores:

  • Cássio M. Turra (Coordenador)
  • Bernardo L. Queiroz
  • Elisenda R. Perez

Visão Geral e Objetivos do Projeto

O projeto “National Transfers Accounts (NTA)” é uma colaboração internacional que busca mensurar, analisar e interpretar os aspectos macroeconômicos do envelhecimento populacional em diversos países do mundo. O projeto é coordernado por Ronald Lee, Universidade da Califórnia de Berkeley e Andrew Mason, Universidade do Hawaii, e conta com a participação de pesquisadores de 28 países da Asia, Europa, Américas, África e Oceania.

O sistema de transferência intergeracional produz estimativas, compatíveis com os sistemas de contas nacionais, dos fluxos econômicos entre as idades que surgem devido ao perfil do ciclo de vida econômico das pessoas. O ciclo de vida econômico é caracterizado por três fases distintas: duas fases de dependência econômica intercaladas por uma fase produtiva, geradora de excedentes.

Na maior parte das sociedades, crianças consomem recursos gerados por adultos, transferidos pela família ou pelo setor público. Idosos, por sua vez, dispõem de ativos acumulados durante a fase ativa, de recursos produzidos e transferidos por outros adultos ou ainda de operações de crédito efetuadas no mercado. Cada sociedade, em determinada época, estabelece, mediante normas sociais, leis e decisões individuais, a combinação de mecanismos para a alocação de recursos no ciclo de vida. Os sistema de transferências intergeracionais distigue os fluxos por tipo (acumulação, transferências e créditos) e as instituições que realizam os fluxos (família, governo e mercado).

Embora as transferências intergeracionais representem parcela signficativa da produção distribuída no ciclo de vida, questões sobre a relação desses fluxos com as variáveis demográficas e econômicas permanecem em aberto na literatura.

Os objetivos principais do projeto são:

  1. medir os fluxos econômicos entre grupos etários;
  2. avaliar o papel da família e do setor público como canais de transferência de recursos entre gerações;
  3. é examinar os determinantes das taxas de poupança agregada. Serão estudados tanto os efeitos de mudanças demográficas quanto os efeitos dos sistemas de transferências públicas e familiares sobre a poupança
  4. avaliar o papel das reformas de políticas públicas e das mudanças demográficas na redução ou no agravamento de desigualdades intergeracionais

Agências Financiadoras

  • National Institute on Aging (NIA-EUA): R37-AG025488 and NIA, R01-AG025247
  • International Development Research Centre (IDRC) – Projeto 104231

Publicações

  • Cássio Turra & Bernardo Queiroz (2009). Before it's too late: Demographic Transition, Labor Supply and Social Security Problems in Brazil. Notas de Poblacion, n. 86
  • Bernardo Queiroz, Cássio Turra & Elisenda Perez (2008). The Opportunities We Cannot Forgo: Economic Consequences Of Population Changes In Brazil. Icfai's Professional Reference Book: The Demographic Dividend: Economic Consequences
  • Elisenda Perez, Cássio Turra & Bernardo Queiroz (2007). Grandparents and grandchildren living together, a better life for the youngest? The cases of Brazil and Peru. Papeles de Poblacion, 51(2)
  • Cássio Turra & Bernardo Queiroz (2005). Transferências intergeracionais: uma análise internacional. Revista Brasileira de Estudos de População, 22(1)
  • Cássio Turra & Bernardo Queiroz (2005). Intergenerational Transfers and Socioeconomic Inequality in Brazil: a first look Notas de Poblacion, 80

Seminário

Confira a sinformações sobre o seminário "Aspectos intergeracionais das políticas sociais no Brasil", realizado em 22 de setembro de 2009.

Links