Calendário:
Defesas
Data:
22.02.2017 2:30 pm - 6:30 pm
Localização:

Descrição

Defesa de Tese do Programa de Pós-Graduação em Economia/CEDEPLAR/FACE/UFMG

Aluno: Gustavo Figueiredo Campolina Diniz

Título: “A região importa? A indústria de transformação brasileira frente à política econômica de 2004 a 2015”

Data da Defesa: 22/02/2017

Horário: 14h30

Orientador: Prof. Marco Aurelio Crocco Afonso (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Coorientadora: Profa. Fernanda Faria Silva (UFOP)

Banca Examinadora:

 

Prof. Marco Aurelio Crocco Afonso (Orientador) (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Profa. Fernanda Faria Silva (Coorientadora) (UFOP)

Prof. Marco Flávio da Cunha Resende (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Pedro Vasconcelos Maia do Amaral (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Ivair Ramos Silva (UFOP)

Prof. Raimundo de Souza Leal Filho (FJP)

 

 

Local da Defesa: Auditório nº1 – Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

 

RESUMO:

 

Esta tese tem como pano de fundo uma discussão regional que ainda é tratada de forma en passant quando se tenta analisar o desempenho dos setores industriais e política econômica, em determinado período. Este trabalho busca analisar de que forma os impactos na indústria de transformação e seus respectivos subsetores foram agravados pela condução dos instrumentos de política econômica do período de 2004 a 2015, tendo sempre em vista a importância do contexto regional. Ou seja, de que forma os impactos setoriais foram agravados pela dimensão econômica e regional? O entendimento dos setores, mas também das regiões nas quais estes estão inseridos importa na interpretação dos choques monetários, cambiais e fiscais? A investigação se concentrou principalmente nos efeitos da política monetária em função da supremacia desta em relação as demais, bem como, pelo próprio contexto de implementação da política monetária brasileira pós-plano real e estruturada na proposição de neutralidade da política monetária a longo prazo em meio ao regime de metas de inflação e elevadas taxas de juros reais. Analisou-se ainda, os efeitos das políticas setoriais de curto prazo, voltadas à indústria de transformação, implementadas no período em questão. Nota-se que há uma falta de coordenação entre estas políticas setoriais e o manejo dos instrumentos de política econômica implementados. Foi evidenciada também, uma completa ausência de articulação destas políticas com qualquer preocupação com a dinâmica regional na qual estes setores estão inseridos. Desta forma, além da compreensão dos efeitos da política econômica no setor da indústria de transformação, há ainda a compreensão em torno da capacidade de que a estrutura produtiva e financeira das regiões altere a dinâmica dos setores. A característica estrutural, financeira e histórica das regiões interfere na capacidade da indústria de transformação absorver os choques provenientes de políticas econômicas, fazendo com que a sua transmissão seja assimétrica. Logo, constatou-se que a indústria de transformação localizada em regiões econômicas mais frágeis, apresentaram maior impacto negativo das políticas implementadas, enquanto, este mesmo setor quando analisado em regiões com estrutura produtiva e financeira mais diversificada, apresentou melhores condições de absorção de tais impactos. Tais constatações reforçaram a hipótese de que o entendimento das regiões é fundamental para que sejam estabelecidos canais de absorção para os choques monetários comuns.

 

 

ABSTRACT:

 

The overarching discussion of this thesis is a regional approach that spans both industrial sectors and economic policy. It seeks to analyze how the manufacturing industry and its respective subsectors suffered as a result of economic policy channels implemented between 2004 and 2015, taking into account the importance of the regional context. It highlights the importance of understanding not only manufacturing sectors but also their regional contexts, in order to better interpret the causes of monetary, exchange rate, and fiscal shocks. The main focus of the research is on the effects of monetary policy with regard to its supremacy in relation to other policies. It considers the way in which Brazilian monetary policy has been implemented since the introduction of the Real Plan and is structured on a neutral approach to monetary policy in the long term by means of inflation targeting system and high Real interest rates. The effects of industrial policies in manufacturing sectors from 2004 to 2015 were analysed, which highlighted a lack of coordination between these sectoral policies and the implemented economic policies, along with a lack of consideration for the regional context. Thus, in addition to understanding the effects of economic policy in the manufacturing sector, there is still a need to understand how the production and financial structures of the regions alter sectoral dynamics. The structural, financial and historical characteristics of the regions impede the manufacturing industry’s ability to absorb shocks originating from economic policies, thus causing an asymmetric transmission. It was found that the manufacturing industry in the most fragile economic regions was impacted more severely by the implemented policies, while regions with a more diversified productive and financial structure displayed a greater ability to absorb such shocks. These findings have reinforced the hypothesis that an understanding of the regions is fundamental in the establishment of absorption channels for common monetary shocks.

                                                                                                                                         

 

 

Secretaria do Mestrado e Doutorado
em Economia e Demografia
Av. Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270-901 - Belo Horizonte - MG
Fone: (31) 3409-7087
Fax: (31) 3409-7203
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Location information

Auditório nº1 - Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

País:
Brasil
Estado:
Minas Gerais
Cidade:
31270-901 Belo Horizonte
Rua:
Av. Antônio Carlos 6627