Calendário:
Defesas
Data:
21.02.2017 9:30 am - 12:30 pm
Localização:

Descrição

Defesa de Dissertação do Programa de Pós-Graduação em Economia/CEDEPLAR/FACE/UFMG

Aluno: GUILHERME MARQUES MOURA

Título: “Diferencial salarial inter-regional no Brasil - decompondo os determinantes do diferencial salarial entre os municípios de Betim e São Bernardo do campo”

Data da Defesa: 21/02/2017

Horário: 9h30

Orientadora: Profa. Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Coorientadora: Profa. Mariangela Furlan Antigo

Banca Examinadora:

Profa. Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Profa. Mariangela Furlan Antigo (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Bernardo Palhares Campolina Diniz(CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Prof. Mário Marcos Samapio Rodarte (CEDEPLAR/FACE/UFMG)

Local da Defesa: Auditório nº 1  – Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

 

RESUMO:

A presente dissertação busca realizar uma comparação da distribuição salarial intrasetorial-regional brasileira e seus determinantes. O objetivo principal consiste em quantificar e analisar se a desigualdade de rendimentos existente entre as cidades de Betim e de São Bernardo do Campo é encontrada apenas intrasetorialmente ou se expressa uma diferença salarial entre as regiões. Portanto, esse trabalho busca encontrar, apontar e quantificar a influência regional dentro dos rendimentos dos trabalhadores. Nesse sentido, é adotada a hipótese básica de que a composição diferenciada da força de trabalho entre as localidades por si só não é capaz de explicar a totalidade dos diferenciais salariais inter-regionais, isto é, acredita-se que essa diferença salarial pode ser o reflexo de características da estrutura produtiva, dos mercados de trabalho locais, do dinamismo econômico regional, custo de vida, amenidades locais, diferenças inter-regionais na dotação de capital humano, dentre outros.
Em linhas gerais, é notável o estreito relacionamento entre a dinâmica demográfica dos mercados de trabalho regionais e a estrutura espacial das atividades econômicas. Dessa forma, é útil analisar as cidades como o produto de um equilíbrio, seja dinâmico ou estático, onde se contrabalanceiam as forças de aglomeração e de desaglomeração. Portanto, faz-se necessário analisar as conexões entre relações intersetoriais e desenvolvimento regional, isto é, entender a dinâmica das cidades. Dessa forma, propôs-se analisar a indústria automobilística dentro dos dois centros urbanos, Betim e São Bernardo do Campo, cujas regiões apresentam certa especialização relativa da indústria automobilística. A partir dos microdados do Relatório Anual de Informações Sociais, optou-se por analisar os rendimentos dos trabalhadores do setor de Fabricação de automóveis, camionetas e utilitários e de todos os indivíduos com vínculo empregatício formal nas duas cidades nos anos de 2006 e 2015. Dentro da parte metodológica, optou-se pela aplicação da decomposição por diferenciais. A utilização desse método é muito utilizada para explorar o diferencial da variável dependente entre os grupos, neste caso, os salários. Tal metodologia nos permite realizar decompor este diferencial entre os componentes “explicados” e os não “explicados”.
Dentre os principais resultados, identificou-se que no setor automobilístico se os empregados possuírem as mesmas características, o retorno dos empregados em São Bernardo do Campo é maior que o dos empregados em Betim. Por outro lado, analisando o grupo composto por todos os trabalhadores formais das duas cidades, encontrou-se uma situação distinta, o retorno dos empregados em Betim é maior que o dos empregados em São Bernardo do Campo, e essa diferença se mostrou crescente. Nesse sentido, de todas as informações extraídas deste estudo é possível concluir, de forma geral, que a desigualdade de rendimentos entre as cidades de Betim e de São Bernardo do Campo encontrada dentro do setor de Fabricação de automóveis, camionetas e utilitários não reflete o padrão de divergência salarial entre essas regiões.

 

ABSTRACT:

The present dissertation aims to make a comparison in the Brazilian intra-regional salary distribution and its determinants. The main goal is to quantify and analyze if the income inequality existing between the cities of Betim and São Bernardo do Campo are found only intrasetorially or express a salary difference between those regions. Therefore, this work tries to find, point and quantify the regional influence within the income of workers. In this sense, it is adopted the basic hypothesis which claims that the differentiated composition of the labor force between the localities themselves is not able to explain the entire interregional wage differentials. It is believed that this wage difference can be a reflection of the productive structure, local labor markets, regional economic dynamism, cost of living, local amenities, interregional differences in the allocation of human capital, among others.
Broadly speaking, the close relationship between the demographic dynamic of the regional labor markets and the spatial structure of economic activities is considerable. For this reason, it is useful to analyze cities as the product of an equilibrium, dynamic or static, where the agglomeration and deagglomeration forces are counterbalanced. Thus, it is necessary to analyze connections between intersectoral relations and regional development, that is, to understand the dynamics of cities. Therefore, it was proposed to analyze the automobile industry within the two urban centers, Betim and São Bernardo do Campo, whose regions have some relative specialization in the automotive industry. Based on the microdata of the Relatório Anual de Informações Sociais (Annual Social Information Report), it was decided to analyze the income of workers in the manufacturing sector of automobiles, trucks and utilities and all individuals with formal employment relationship in the two cities in the years 2006 and 2015. About the methodological part, it was chosen to apply the decomposition by differential. The use of this method is very useful to explore the difference of the dependent variable between groups, in this case, wages. Such methodology allows us to decompose this differential between the "explained" and the "not explained" components.
Among the main results, it was identified in the automobile sector that if the employees have the same characteristics, the return rate of employees is higher in São Bernardo do Campo when compared to Betim. On the other hand, analyzing the group composed of all the formal workers of the two cities, it was found a different situation, the return of the employees in Betim is bigger than the of employees from São Bernardo do Campo, and this difference has been growing. In this sense, from all the information extracted from this study it is possible to conclude, in a general way, the income inequality between the cities of Betim and São Bernardo do Campo found in the manufacture of automobiles, trucks and utilities sector does not reflect the pattern of salary divergence between those regions.
 

Secretaria do Mestrado e Doutorado
em Economia e Demografia
Av. Antonio Carlos, 6627 - Pampulha
31270-901 - Belo Horizonte - MG
Fone: (31) 3409-7087
Fax: (31) 3409-7203
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Location information

Auditório nº1 - Bloco de Seminários - Prédio da FACE/UFMG - CAMPUS PAMPULHA

País:
Brasil
Estado:
Minas Gerais
Cidade:
31270-901 Belo Horizonte
Rua:
Av. Antônio Carlos 6627